sábado, 25 de outubro de 2008

Kanye West faz show teatral em sua primeira passagem pelo Brasil

Kanye West



Thiago KaczuroskiDireto de São Paulo
O rapper americano Kanye West apresentou, no primeiro de seus dois shows no Brasil, a turnê Glow in The Dark, como uma das principais atrações do Tim Festival 2008, na noite desta quarta-feira, na Arena Ibirapuera, em São Paulo.
» Veja as fotos de Kanye West (Terra)
Com meia-hora de atraso, West subiu ao palco, de onde não saiu mais. O show - mesmo sem todos os artefatos da turnê internacional, por conta do espaço reduzido - recriou uma viagem ao espaço, na qual o rapper precisa retornar à Terra.
A apresentação começou com os samplers de Harder, Better, Faster, Stronger, do Daft Punk, dando a entender que Kanye West iniciaria o show com seu maior hit, Stronger. Mas assim como tem feito em toda a turnê, a primeira música foi Good Morning, que também abre o disco Graduation.
Kanye West fica sozinho o tempo todo no palco, sobre uma plataforma, que varia de inclinação e levanta cerca de dois metros. O cenário lembra as crateras lunares, com montes laterais, nos quais o cantor sobe em vários momentos. Ao fundo, telões sobrepostos mostram imagens espaciais e "Jane", um computador de bordo, conversa com o rapper, mostrando as etapas da viagem.
Nos 100 minutos de show, West mostra bom preparo, cantando e dançando o tempo todo. Hits de sua carreira, como I Wonder e Diamonds from Serra Leone foram acompanhados o tempo todo pelo público, que mesmo em grande número, não chegou a lotar a Arena.
Nos momentos mais teatrias do show, West luta contra um dinossauro em Can't Tell Me Nothing, depois interage com o vídeo de uma modelo pintada de ouro em Gold Digger.
Após uma planejada cena de desânimo, no qual "Jane" diz que ele não pode desistir, Kanye levanta ao som de Stronger, fazendo a platéia dançar. Neste momento, ao lado de um dos bares, começou uma confusão sem grandes conseqüências, logo contida por seguranças e amigos dos envolvidos.
Após seu maior hit, Kanye encerra a primeira parte do show com Coming Home. Ele começa então uma conversa com a platéia, dizendo que vive para levar o melhor show para as pessoas, deixando muitas vezes de lado sua vida pessoal. O discurso emocionado foi recebido com aplausos e gritos do público.
O show terminou com Love Lockdown, uma das faixas de seu novo disco, 808 & Heartbreak, que será lançado em dezembro. O cantor deixou o palco ovacionado, sem voltar para o bis, encerrando uma apresentação que afirma sua posição como um dos principais rappers em atividade.
Kanye agora se apresenta no Rio de janeiro, na próxima sexta-feira.






Fonte: Hip-Hop Rap News

Beyoncé se torna Sasha Fierce para lançar terceiro álbum solo

Beyoncé

A cantora Beyoncé revelou nesta quinta que adotou outro nome para gravar seu terceiro álbum solo, que se chamará I Am... Sasha Fierce. De acordo com seu pai, o empresário Mathew Knowles, a postura foi adotada para dividir as músicas do disco, que será duplo.

"[Sua nova personalidade] a permite ser mais arriscada", disse Knowles à Billboard. "Ela sentia que não seria bom mixar as músicas juntas. Ela está em um lugar diferente do que há um ano. Se casou e está morando em um ótimo lugar, e isso é refletido no álbum", completou.

A cantora já havia revelado que este novo trabalho "mostrará às pessoas um lado que só quem me conhece de verdade sabe que eu tenho". Todo o primeiro disco será de músicas voltadas ao mercado mainstream, como os outros trabalhos de Beyoncé têm sido. È no segundo disco que Fierce assume, tendo conduzido cinco diferentes canções.

O álbum foi todo escrito e produzido por Beyoncé, à exceção de "If I Were a Boy", composta por Toby Gad and BC Jean. I Am... Sasha Fierce será lançado em 18 de novembro nos EUA, e ainda ganhará uma edição especial com mais cinco canções.

Fonte: RapNews


50 promete letras agressivas proximo album


Rebatendo críticas que seu último álbum, Curtis, de 2007, é leve, o rapper Curtis "50 Cent" Jackson diz que prepara letras agressivas para o próximo álbum e alerta para que os pais "cubram as orelhas das crianças".- Assim que eu produzo algo mais leve, um disco que você consegue tocar inteiro sem precisar tirar os meninos da sala, eu sou criticado por isso. Então preparem-se para tampar os ouvidos das crianças. Agora eu quero saber como o público vai reagir - declara 50 Cent ao site MTV News sobre o seu novo álbum solo, batizado de Before I Self Destruct.O rapper promete um material mais agressivo e para isso está trabalhando com os produtores Eminem, Dr. Dre e Scott Storch. Uma das faixas do álbum, Get up, já foi lançada mas 50 promete lançar mais uma antes do lançamento oficial do álbum, marcado para 9 de dezembro.- Get up é apenas um "aperitivo", ainda tenho muita coisa para mostrar - declarou o rapper.Diferente de Curtis, que contou com diversas participações especiais de nomes como Robin Thickle, Mary J. Blige, Justin Timberlake e Nicole Scherzinger, 50 Cent não conta com convidados em Before I Self Destruct.Somente Eminem, que também produz o disco, gravou vocais para a faixa Norman Bates Motel, que segundo 50 Cent marca o retorno do "Slim Shady" (apelido de Eminem que em português significa "Magrelo Sombrio).50 Cent, que ficou famoso em 2003 com a faixa In da Club, está filmando cenas das gravações do novo álbum que será lançado como DVD bônus com o disco.

BET Hip Hop Awards (2008)

Clique Aqui pra começar o download

Premiação do BET Hip Hop Awards
q rolou dia 23 desse mes..mas porem foi gravada dia 18...
espero q curtam, ainda não ví, me disseram q foi loko...

Fonte: HipHopRapNews

Valete - Serviço público (2006) (Portugal)

Clique Aqui pra começar o download

01 - Coisas do Género
02 - Serviço Público
03 - 15 Segundos de Hugo Chavez
04 - Revelação
05 - Pela Música pt 1
06 - Pela Música pt 2
07 - Canal 115
08 - Subúrbios
09 - Os meus
10 - Não te Adaptes
11 - Masturbação Mental
12 - 15 Segundos de Fidel Castro
13 - Monogamia
14 - Roleta Russa
15 - 15 Segundos de Che Guevara
16 - Anti-Herói